13 de outubro de 2011

"Esta é uma das minhas formas, que esconde várias expressões, todas perdidas em alguma situação no espaço-tempo. O que mais me tranquiliza é que não sou definitiva. Nunca terei uma forma única e no âmbito desta metamorfose, alcançarei o ápice da paz de espírito." - Roberta Cortês

0 comentários: