13 de maio de 2009

Abaixo o uso de Pele Animal

O uso da pele animal é um luxo mortal e tolo. Inúmeros animais são mortos sem necessidade alguma a um preço altíssimo. Para manter-nos aquecidos, por exemplo, os materiais sintéticos são mais eficazes e muito mais baratos. Então, pra quê matar?

A indústria tem uma campanha fortíssima e uma relação centenária com a moda, lucrando sempre e tendo poder suficiente para elaborar uma imagem duradoura de que aquilo é belo. É por isso que o desejo da compra é tão automático. Porém, sem fundamento. Pessoas chegam a investir U$10.000 em casacos, colares de pele e acessórios, de uma forma frívola, sem procurar a coerência, já com um conceito de luxo em suas mentes; o intuito é vestir um preço e esbanjá-lo.
Os animais não têm como se defender ao modo com que são tratados. A maioria deles é esticada em moinhos ou são mantidos em grande número, dentro de gaiolas minúsculas individuais. Presos nas gaiolas, os animais selvagens não podem agir de acordo com seus comportamentos naturais básicos e, após uma vida de confinamento, os fazendeiros geralmente quebram suas gargantas ou introduzem uma haste electrificada em seu ânus ou vagina, fritando literalmente seu interior.

Segundo a organização FURKILLS, Milhões de chacais, rapozas, linces e outras espécies, são presas em armadilhas com mola e dentes de metal que quebram os ossos e esmagam os músculos. A dor excruciante ainda pode se extender por dias, onde não se dá alimento ou água
antes de serem levados às armadilhas de tortura. Aproximadamente um quarto dos
animais prendidos escapam mastigando seus próprios membros fora.

Até mesmo gatos e cães são mortos da mesma maneira para o uso de pele. É estimado o número de dois milhões a cada ano na China. Investigações recentes à respeito da indústria chinesa, documentam que cães e gatos têm suas peles retiradas quando vivos e, após isso, são deixados de lado ainda respirando - seus olhos ainda piscam e a pulsação do coração permanece, porém é visivelmente abaixo da condição normal. Os consumidores não têm nenhuma maneira de saber se estão comprando a pele do cão ou do gato porque estes produtos - casacos, luvas, chapéus - quase sempre não possuem etiquetas ou são mal etiquetados. Os animais pagam o verdadeiro preço da pele com as suas vidas.

Mais informações: http://www.furkills.org/

2 comentários:

CELSO MATHIAS disse...

Desculpe a demora em postar.
Estou ocupadíssimo em montar um curso de pintura em acrílica aqui no RJ.
Seu post anterior, triste ler, mas de tamanha importância para conscientizar.Texto impecável!
Post atual. Quando se fala em exploração ou abuso com animais entro em um estado de indignação total e absoluto.Adoro animais!!
Meus pincéis de pelo de marta são da Winsor & Newton, uma empresa inglesa com mais de 150 anos de tradição, possuem suas proprias criações de Marta, esquilos , etc. Justamente para não explorar os animais.
É um absurdo alguem usar um casaco de pele de animal.NOSSA!Mas ...estamos evoluindo e vivemos ainda em um planeta de provas e expiações, como vc sabe!!

Vc havia me pedido valores de quadros(retratos)

40 x 50cm: Grafite -papel Canson importado 300gm2 - 1 pessoa(rosto e busto) R$ 300,00 por pessoa
10 a 15 dias

2 pessoas(rosto e busto) -R$ 500,00
15 a 20 dias

40 x 50 cm - colorido em tinta acrílica sobre tela:
1 pessoa(rosto e busto)R$ 800,00
20 a 25 dias

2 pessoas - R$ 1.400,00
25 a 30 dias

Tudo em 2x.
Primeira à vista e segunda pra 30 dias

Trabalhos sem moldura

SEDEX para envio: R$ 50,00

Tamanhos maiores só orçando a parte.

BJS ER NÃO SOME NÃO BLONDE, SEUS COMENTÁRIOS FAZEM FALTA!!!

André Aguiar disse...

Caramba você citou algumas informações que jamais passou por minha mente, lógico não sou tão inocente e ingênuo, sei dos maus tratos, mas não sabia que chegava a tanto. tenho dois cachorros e trato- os da melhor forma possível, quando ouço ou vejo algumas atrocidades como essa eu me pergunto qual o verdadeiro sentido da vida, a grande culpa é de quem esta disposto a pagar por isso.
Muito bom esse post. Espero que mais gente o leia.