1 de abril de 2008

Ilusões

Minha alma tem muitos brinquedos com os quais ainda eu não sei jogar.
Às vezes eles surgem de repente em forma de qualquer coisa, de qualquer pessoa; e eu, como um feto ou até mesmo uma semente no seu estágio mais subdesenvolvido,não sei o que fazer em nenhuma dessas situações.
Mereço amadurecer e apenas preciso d'um regador para me cultivar.
E se eu desaparecer agora? O que será que as pessoas dirão? Pode ser que, como mais uma birra, seja o que eu queira...e pagaria o preço mais tarde.

Este é um momento único, só meu. O meu anjo da guarda me deixou "sozinha" para me transmutar e também modelar a minha situação. Se ninguém entende por eu ser muito clara, vou ter de viver sozinha com minha honestidade.

Eu sou uma criança indefesa, repleta de pesadelos que se misturam com belezas e fadas. Sim, posso estar acobertada por neve, mas meu rosto e feição, ainda são de "alice no país das maravilhas". Conheço muito bem a sua espécie, mas meu coração fantasiou esperança.
E eu vou continuar aqui, esperando no meu reino sombrio de cores.

Abra o baú e um dia poderá ver que eu jamais brinquei com o próximo, mas sim, comigo mesma.
E por isso, me isolo num jardim encantado...sem fim.

Roberta Cortez




5 comentários:

CELSO MATHIAS disse...

Que surpresa boa seus comentários!
Obrigado!O seu texto sempre impecável e que nos faz meditar...
A internet precisa de SERES PENSANTES como vc!!!
fica um texto meu pra vc...BJS!!!

SER OU NÃO SER
( Celso Mathias)

SE ME ALIMENTO DE LIXO
É PORQUE SOU LIXO

SE ME ALIMENTO DE PÃO
É PORQUE SOU CRISTO

SE ME ALIMENTO DE AMOR
É PORQUE SOU DEUS

SE ME ALIMENTO DE NADA
É PORQUE NÃO EXISTO.

Heloisa Ikeda... disse...

Tá!! heeuheuhe
mas tenho que dizer que me identifiquei muito com esse texto!! Tem certeza que ele não é pra mim? heueheuh
beeejos rob

Loh_rayne disse...

tem certeza que não é pra ninguem ?

é o que eu sinti tanto tempo; da minha vida ;~

adorreeei !


;*

laís D'Andréa disse...

E eu sou mais uma que gostaria de ter escrito esse texto. Não escrevi, mas me li nele. Nossa, você conseguiu traduzir a própria alma, mas a de muita gente também! Beijo grande!

O Profeta disse...

Será o teu Jardim o "Jardim das Hespérides? Serás uma Deusa?


Doce beijo